5 Coisas que nunca queremos ouvir dos clientes

oraculum

Tagged: ,

3111207407_ea37525588_z-2

Um mundo perfeito para um freelancer é não ter problemas no relacionamento com seus clientes, infelizmente não estamos em um mundo perfeito. Como freelancer você deve ter histórias de terror para contar. Segue abaixo 5 coisas que você nunca quer ouvir do seu cliente mas eles insistem em dizer:

 

1 – Nós realmente precisamos de um contrato?

 

Você negocia com seu cliente uma proposta ele lhe envia a aprovação e você diz que vai lhe enviar o contrato para iniciar o serviço, ele diz:
“Um contrato? não precisamos disso apenas confie em mim que vou lhe enviar o pagamento corretamente”

Você naturalmente deve dizer algo como: “Não… não é uma questão de desconfiança, é assim que eu trabalho e isso me deixa organizado.”

Cliente: “Escute, eu não tenho tempo para analisar um contrato, vamos começar a trabalhar e depois você me envia o seu contrato que eu assino ele”.

SOLUÇÃO

Se o cliente recusar a assinar o contrato primeiramente você deverá usar o seu próprio critério para analisar se a oportunidade em potencial vale o risco. É altamente recomendável que você use um contrato. Se o cliente ainda ficar inflexível você pode considerar rejeitar o projeto porque certamente você corre o risco do projeto se tornar num desastre e você não ser pago.

Para facilitar a situação faça um contrato curto e objetivo sem clausulas desnecessárias. O proposito de um contrato basicamente é abordar os termos, o prazo de entrega, os valores e formas de pagamento e evitar mal-entendidos. Deixe claro para o cliente que o contrato é util para proteger tanto você quanto ele mesmo e um contrato adequadamente formulado transmite a imagem a seu cliente que você é um profissional executando um negócio sério.

2 – Esqueça o depósito!

Freelancer: “Assim que você fizer o deposito eu inicio o serviço”.
Cliente: “Escute, eu sei que está no contrato, mas vamos iniciar o serviço e eu no final do serviço.”
Freelancer: “Com todo o respeito, eu não gostaria de iniciar o projeto assim, e peço-lhe que respeite o contrato.”

SOLUÇÃO

Se suas condições de pagamento está em seu contrato isso provavelmente nunca acontecerá. Mas se isso acontecer, seu cliente está em violação antes mesmo de começar. Que é uma má notícia e uma bandeira vermelha.

Lembre-se, você não está vendendo um produto físico que pode ser devolvido por falta de pagamento.

Para garantir que seu cliente entende perfeitamente os termos de pagamento do projeto é melhor ter uma seção no seu contrato dedicada a detalhar as condições de pagamento (quanto e quando e a forma que será feito o pagamento se cheque, boleto, deposito, etc).

Uma dica para deixar o cliente mais confortável acerca dos pagamento é dividi-los na medida que você vai entregando partes chaves do projeto.

3. “Eu não recebi sua nota fiscal”

Freelancer: “Você já teve a oportunidade de dar uma olhada na nota fiscal que lhe enviei?”

Cliente: “Eu não recebi sua nota”

Freelancer: “Meus registros mostram que enviei a você a 3 semanas”

Cliente: “Mas eu não recebi e sem uma nota fiscal eu não posso fazer o seu cheque de pagamento”

SOLUÇÃO

O relacionamento que você tem com seus cliente é muito valioso. Você quer trabalhar com eles no futuro, mas você também precisa receber o pagamento. Educadamente envie a nota novamente. Não há nenhum ponto de discutir com o cliente. Seja educado cada vez que você perguntar, e nunca saem como hostis ou desesperado.

4. “Eu gostei disso… mas precisamos mudar algo… acho que poderíamos fazer um logotipo maior?”

Freelancer: “Aqui está o projeto final entregue e suas especificações.”

Cliente: “É muito bom … mas temos alguns ajustes menores … você pode alterar as cores, as imagens, a cópia, oh e fazer o logotipo maior?”

SOLUÇÃO

Nesta situação, as mudanças vão ter de ser feitas. A melhor maneira de se proteger de ser aproveitado é ter uma cláusula em seu contrato informando quantas revisões podem ser feitas e, em seguida, você terá que começar a cobrar as suas taxas de hora em hora.

Coloque no seu contrato algo que indique ao seu cliente que é preciso para o bom andamento do projeto fazer revisões periódicas (defina um período de dias melhor pra você ex 7a7 dias ou 15a15 dias). Isso permite que seu cliente para dar um feedback antes que você tenha ido muito à frente e talvez perdido o seu tempo. Isso vai lhe poupar muito tempo. Se eles aprovaram cada fase e foram claramente envolvidos com o progresso do projeto, que é menos provável que eles sejam surpreendidos com o resultado final e querem mudar tudo.

Lembre-se, é de sua responsabilidade como profissional criativo para orientar e direcionar o cliente para a melhor solução possível.

5. “Eu tenho o que eu precisava. Vou terminar o resto por minha conta.”

Freelancer: Olá estou enviando a ultima fatura e as partes finais que faltam do projeto”

Cliente: “Sobre isso … Eu devo ter esquecido de lhe dizer que o projeto foi cancelado e eu não posso pagar-lhe o resto.”

Freelancer: “Mas nós temos um contato? Ele afirma claramente que vou ser pago pelo meu trabalho.”

Cliente: “Mer… acontecem… o que posso dizer.”

SOLUÇÃO

Está é a razão na qual você deve ao redigir o seu contrato colocar os pagamentos por revisões. O truque é conseguir o máximo de dinheiro possível antes do fim do projeto. Isto é complicado, mas se você tem um contrato assinado, dá-lhe uma série de opções. Se você não tem um contrato, você pode querer consultar um advogado.

É sempre recomendado ter uma cláusula de cancelamento em seu contrato que estabeleça claramente que todo o trabalho pertence a você, até que o pagamento integral tenha sido feito para o projeto.

Share Button

Leave a Reply